Coisas crônicas

Boa noite, pessoal!

Vocês já devem ter percebido que eu gosto de escrever. Na verdade, eu gostava mesmo era de desenhar, mas como ficou claro para mim, lá pelos meus doze anos, que eu tinha tanta capacidade para isso quanto algum ex-BBB tem que apresentar um programa de TV, eu acabei me voltando para a escrita, o que tem dado razoavelmente certo.

Hoje cedo, num daqueles momentos em que as pessoas do ônibus acham que você é um maluco porque começou a falar sozinho, eu tive vontade de criar outro blog. Na verdade, já faz um tempo que eu quero escrever textos mais sérios, o que eu fazia na época do Quatro Patacas, mas que acabei deixando de lado no começo do ano. Assim, o Coisas Crônicas vem para suprir essa necessidade, tentando manter algumas das características desse blog para falar do cotidiano.

Para a estréia (Reforma Ortográfica, vá ver se eu estou na esquina), eu escrevi um texto sobre as impressões de uma grande festa a qual fui ontem, o que não seria nada demais caso eu jamais fizesse isso (ou vocês acham que esse blog viria de alguém com uma vida social?). Escrevi uma espécie de texto de introdução também.

É isso, espero que vocês gostem e acompanhem o Coisas Crônicas da mesma forma que visitam O Jardim dos Gatos Teimosos. Grande abraço.