Se beber, não case

Eu gosto bastante de comédias desbocadas. Sempre fui da opinião de que o humor foi feito para ferir e irritar, senão ele seria só uma homenagem como tantas outras. Filmes que não tem receio de invadir o maldito politicamente correto são raros hoje em dia, por isso, quando um deles aparece, eu faço questão de assistir.

Se beber, não case! (um título bem sem cabimento, já que a tradução literal, “A ressaca”, funcionaria muito melhor) é um belo exemplo disso. O filme acompanha o dia seguinte de um porre enorme de três amigos que foram para uma despedida de solteiro em Las Vegas... continua