Se beber, não case!

The Hangover (2009) Dir: Todd Philips. Com Bradley Cooper, Zach Galiafinakis, Ed Helms (o Andy do The Office), Heather Graham (uhul!!) e Mike Tyson (!?). 100min.

Eu gosto bastante de comédias desbocadas. Sempre fui da opinião de que o humor foi feito para ferir e irritar, senão ele seria só uma homenagem como tantas outras. Filmes que não tem receio de invadir o maldito politicamente correto são raros hoje em dia, por isso, quando um deles aparece, eu faço questão de assistir.

Se beber, não case! (um título bem sem cabimento, já que a tradução literal, “A ressaca”, funcionaria muito melhor) é um belo exemplo disso. O filme acompanha o dia seguinte de um porre enorme de três amigos que foram para uma despedida de solteiro em Las Vegas, a cidade do pecado, e acordam com o quarto do hotel revirado, um bebê e um tigre no banheiro. Pior do que tudo, o noivo, que acompanhava os três, desapareceu.

Há dois pontos bem interessantes: primeiro, o trio de protagonista é cativante o bastante com suas personalidades (um que quer a farra mais do que os outros, um medroso com a bronca da esposa e um meio-idiota meio-maníaco), e para melhorar ainda há uma galeria de coadjuvantes bizarros (o mafioso chinês é de matar de rir). Depois, a estrutura vale pela inovação: do quarto do hotel revirado, o grupo precisa reconstituir a noite anterior através das pequenas pistas que vão encontrando, para assim ter uma idéia de onde está o noivo. Apesar da solução do problema ser um pouquinho simples demais, o caminho absurdo que leva a ela é o grande trunfo do filme.

Feito claramente para um público masculino (sendo machista, grosseiro, e com direito a nudez), Se beber, não case! não é uma comédia para entrar para a história, mas num ano apenas razoável de Hollywood, vale a ida ao cinema.



3 comentários:

Nathy disse...

Ouvi falar bem do filme, mas pelas descrições talvez não faça meu estilo, rs.

Thiago Augusto Corrêa disse...

"Chamando Dr. Bichinha, Chamando Dr. Bichinha".

Eu gosto de Dias Incríveis e Caindo Na Estrada que também é desse diretor. Então Se Beber, Não Case casou bem, novamente, com a xucreza que gostamos e boas atuações.

Euterpe disse...

ja me disseram para eu assistir...
ainda reluto...\o/