Transformers: A Vingança dos Derrotados

Tranformers: Revenge of the fallen (2009). Dir: Michael Bay. Com Shia Labeouf, Megan Fox, John Torturro. 150min.

Transformers é um exemplo ótimo do cinemão-pipoca-imbecil que os americanos sabem fazer como ninguém: efeitos especiais deslumbrantes, momentos cômicos bacanas e um roteiro cheio de furos – que resultam num filme divertido. Eu posso até dizer que Transformers é o Independence Day dessa década.

A continuação de Transformers faz o que se espera dela: traz mais Autobots e Decepticons saindo no braço, uma trama ainda maism metida à épica, um John Torturro ainda mais demente, Megan Fox ainda mais gostosa e tudo o que puder ser aumentado do primeiro filme. Claro que esse exagero todo enche o saco vez por outra, principalmente a obsessão que Michael Bay tem por cenas de aviões decolando e soldados se posicionando para atirar, além da overdose de explosões para todos os cantos que se olha.

Muita gente crítica Transformers e filmes do gênero dizendo não ser possível essa história de “desligue seu cérebro e relaxa”. Eu discordo – acho mesmo que há entretenimento para todos os gostos, e se eu paguei meu ingresso para ver robôs gigantes se socando, eu sabia o que estava fazendo. Como eu disse antes, apesar dos furos no roteiro (e nem vale a pena citar um por um), Transformers : a vingança dos derrotados é divertido, bem diferente de outros filmes problemáticos dessa temporada, como Wolverine ou Exterminador 4, que além de incoerentes são chatos para caramba.

A megalomania de Michael Bay faz Transformers 2 um filme razoavelmente inferior ao primeiro e, no final, você não se sente lá muito interessado numa possível seqüência. Mas vale a pena. (E eu só queria dizer, para encerrar, que a Megan Fox tirou a Scarlett Johansson do posto de “mulher que me distrai de ver o filme)

Um comentário:

João Guilherme disse...

gostei do blog... parabéns...!!