007 - Quantum of Solace

Quantum of Solace (2008). Dir: Marc Foster. Com Daniel Craig, Judi Dench, Geoffrey Wright, Olga Kurylenko. 106 min.

Eu estava para dizer que isso é um bom problema, mas pensei melhor e vi que é só um problema mesmo. Filmes muito bons tendem a complicar sequências - e são poucos os exemplos em que isso foi contrariado ( vamos lá, nos dedos de uma mão: De volta para o futuro II, Império Contra-ataca, Cavaleiro das Trevas, Homem-Aranha II, e eu gosto bastante de Templo da Perdição); Quantum of Solace, querendo ou não, é a continuação de Casino Royale - e, infelizmente, não vai entrar para a minha lista de cima.

A impressão final é de que Quantum é um filme de ressaca. Demoliram tudo com Casino Royale, revitalizaram Bond de um jeito ótimo e provavelmente só depois se deram conta do tamanho da mudança. Não é que Quantum seja um filme ruim - pelo contrário, ele é bem divertido e legal, mas visivelmente mais fraco do que seu antecessor: os bandidos continuam sem parecer espertos o bastante para enfrentar 007 e a bond girl, apesar de ser linda, é muito, muito avulsa na história. Mas Daniel Craig continua lá se arrebentando, pisando em cacos de vidro, destruindo telhas, correndo em telhados, levando socos e sendo bastante humano - o melhor dos sopros de renovação da série. Bond pode até ter deixado a desejar um pouquinho dessa vez - mas podemos ficar tranquilos, porque ele ainda tem bastante para correr.





3 comentários:

Arthur Malaspina disse...

O que eu gosto mesmo desse filme é esse Bond displicente e sanguinário do Craig, que lembra o Bond do Connery nos primeiros filmes...

Débora disse...

Uma coisa extremamente importante que não comentou!: Bond loiro simplesmente não dá!!! ehuehe

Será que sou eu achei a cara dele estranha? ô.O

Arthur Malaspina disse...

Não... a cara deleé estranha mesmo