Treze homens e mais um segredo

Treze homens e mais um segredo tem um problema bastante complicado: ele deriva de Onze homens e um segredo, uma baita filme de ação, bem humorado, inteligente e genial. Assim, mesmo que seja agradável, essa segunda continuação não chega perto da engenhosidade do filme original e, mesmo contendo Al Pacino divertido e idêntico ao Silvio Santos, a trama acaba ficando mais confusa do que deveria, e o filme enfraquece um bocado no final. Superior a Doze homens e outro segredo (esse sim, era confuso e sem-graça), os parceiros de Danny Ocean são legais, mas já estiveram em melhor forma um dia.


2 comentários:

Rafael disse...

Acho que o filme não é melhor porque sobram homens e faltam segredos, hehe

Arthur Malaspina disse...

Eu achei bem divertido...claro que eles talvez devessem ter parado no primeiro, mas esse apagou a mancha do segundo!