007 - Casino Royale

Casino Royale (2006). Dir: Martin Campbell. Com Daniel Craig, Eva Green, Judi Dench, Jeffrey Wright, Giancarlo Gianini. 144min.

Entre Um novo dia para morrer, de 2002, e Casino Royale, de 2006, o mundo dos espiões sofreu uma bela sacudida com o aparecimento de Jason Bourne e, claro, Jack Bauer. Felizmente, a equipe de produção percebeu que Bond, mesmo que caracterizado por suas incríveis bugigangas tecnológicas – também conhecidas como pura marmelada – precisava botar o pézinho no chão e ser mais verdadeiro.

Há um grande toque de 24 Horas em Casino Royale, e eu não digo isso só porque sou fã inveterado de Mr. Bauer. Saem os incríveis planos maléficos de dominação global – meu Deus, que besteira era aquele de Icarus do Um novo dia para morrer? – e vilões imortais e entra a idéia verdadeira de que o crime é feito de bandido sobre bandido que sempre existe um peixe maior por trás de tudo. Soma-se a isso a lindíssima bond girl Eva Green – que ainda é uma personagem fascinante – e Daniel Craig, que – mesmo que eu tenha torcido contra com todas as minhas forças – é um baita James Bond. Casino Royale faz o favor de tirar a poeira de Bond – revestida de frescuras hitech – e monta um filme de ação como poucos no ano. Vida longa ao Bond loiro.




Nenhum comentário: